Global Partners

ACESSAR O SISTEMA

BLOG

Confira as últimas novidades.

Como são as tuas crenças Limitadoras ou proactivas?

23 Nov 2014 | por Fabiana às 19:11

Como são as tuas crenças Limitadoras ou proactivas?

“ Estavam duas crianças a patinar em cima de um lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam sem preocupação. De repente, o gelo quebrou-se e uma das crianças caiu à água. A outra criança vendo que seu amigo se afogava debaixo do gelo, pegou numa pedra e começou a golpear com todas as suas forças conseguindo quebrá-lo e salvar o seu amigo.

Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido perguntaram ao menino:

- Como conseguiste fazer isso? É impossível que tenhas quebrado o gelo com essa pedra com umas mãos tão pequenas!

Nesse instante apareceu um ancião e disse:

- Eu sei como ele conseguiu.

Todos perguntaram: Como?

O ancião respondeu: - Não havia ninguém perto dele a dizer-lhe que ele não seria capaz! “

Fonte: Recebido por email.

Esta história, reflete em muito a forma de atuar de uma maioria na sociedade em que vivemos,  desde que começamos a crescer, que somos repetidamente informados que não somos capazes, que não vamos conseguir, que estamos a sonhar muito alto, …. Muitas vezes já quando adultos, continuamos a ouvir as mesmas frases limitadoras, quer seja dos nossos amigos, familiares ou colegas de trabalho.

Com estas informações fornecidas de forma repetida, muitas pessoas acabam por desenvolver crenças limitadoras negativas, não encontrando, quando é necessário,  força suficiente para acreditar que são capazes de atingir metas e objetivos.

Resumidamente:

Uma pessoa desenvolve ao longo de sua vida,  crenças.

Estas podem ser passivas, proactivas ou reativas:

- Passivas que faz sentir-se limitada, inferior, incapaz, insegura, ….

“Eu não consigo fazer nada bem!”

- Reativas que faz sentir-se falsamente superior aos outros, arrogante, …..

“Eu tenho de mostrar que sou capaz!”

- Proactivas que faz sentir-se igual a todos, com limitações, mas com capacidade de transformá-las em oportunidades de crescimento interior.

“Eu sou capaz!”

 A partir de hoje, não deixes que te digam que não és capaz, e não faças o mesmo com os outros. Acredita em ti e no teu potencial! Desenvolve crenças proactivas!

Pensa nas crenças proactivas que queres desenvolver, escreve-as num papel, e faz um plano para internalizar em ti essa nova crença, até que ela se torne automática!


Comentários (0)

Deixe seu comentário

BLOG

Confira as últimas novidades.

Como são as tuas crenças Limitadoras ou proactivas?

23 Nov 2014 | por Fabiana às 19:11

Como são as tuas crenças Limitadoras ou proactivas?

“ Estavam duas crianças a patinar em cima de um lago congelado. Era uma tarde nublada e fria e as crianças brincavam sem preocupação. De repente, o gelo quebrou-se e uma das crianças caiu à água. A outra criança vendo que seu amigo se afogava debaixo do gelo, pegou numa pedra e começou a golpear com todas as suas forças conseguindo quebrá-lo e salvar o seu amigo.

Quando os bombeiros chegaram e viram o que havia acontecido perguntaram ao menino:

- Como conseguiste fazer isso? É impossível que tenhas quebrado o gelo com essa pedra com umas mãos tão pequenas!

Nesse instante apareceu um ancião e disse:

- Eu sei como ele conseguiu.

Todos perguntaram: Como?

O ancião respondeu: - Não havia ninguém perto dele a dizer-lhe que ele não seria capaz! “

Fonte: Recebido por email.

Esta história, reflete em muito a forma de atuar de uma maioria na sociedade em que vivemos,  desde que começamos a crescer, que somos repetidamente informados que não somos capazes, que não vamos conseguir, que estamos a sonhar muito alto, …. Muitas vezes já quando adultos, continuamos a ouvir as mesmas frases limitadoras, quer seja dos nossos amigos, familiares ou colegas de trabalho.

Com estas informações fornecidas de forma repetida, muitas pessoas acabam por desenvolver crenças limitadoras negativas, não encontrando, quando é necessário,  força suficiente para acreditar que são capazes de atingir metas e objetivos.

Resumidamente:

Uma pessoa desenvolve ao longo de sua vida,  crenças.

Estas podem ser passivas, proactivas ou reativas:

- Passivas que faz sentir-se limitada, inferior, incapaz, insegura, ….

“Eu não consigo fazer nada bem!”

- Reativas que faz sentir-se falsamente superior aos outros, arrogante, …..

“Eu tenho de mostrar que sou capaz!”

- Proactivas que faz sentir-se igual a todos, com limitações, mas com capacidade de transformá-las em oportunidades de crescimento interior.

“Eu sou capaz!”

 A partir de hoje, não deixes que te digam que não és capaz, e não faças o mesmo com os outros. Acredita em ti e no teu potencial! Desenvolve crenças proactivas!

Pensa nas crenças proactivas que queres desenvolver, escreve-as num papel, e faz um plano para internalizar em ti essa nova crença, até que ela se torne automática!


Comentários (0)

Deixe seu comentário