Global Partners

ACESSAR O SISTEMA

NOTÍCIAS

5 Ligações que CEOs podem aprender com cientistas

Grandes conquistas científicas — como a cura de doenças raras e a ida de naves ao espaço — não seriam possíveis sem uma ótima visão de como lidar com cada etapa de seu trabalho.


Grandes conquistas científicas — como a cura de doenças raras e a ida de naves ao espaço — não seriam possíveis sem uma ótima visão de como lidar com cada etapa de seu trabalho. E estar pronto para errar.

É o que defende Dan Pickett, cofundador da Launch Academy, um acampamento de 10 semanas que ensina programação. Ele listou no site da Entrepreneur algumas lições que CEOs podem aprender com profissionais da ciência. Que tal colocá-las em prática?

1. Faça as perguntas certas. Pickett diz que sempre se faz cinco questões diante de um problema. Elas têm de ser contudentes e buscar uma solução com objetividade.

2. Documente tudo. Mesmo distante dos laboratórios e tubos de ensaio, ao conduzir uma experiência no mundo dos negócios, é importante registrar todas as informações. Você tem que documentar: a raiz do problema, sua hipótese ou como você pretende resolvê-lo, o procedimento para testar essa solução e os resultados do seu estudo.

3. Saiba que as coisas podem dar errado. Thomas Edison, um dos principais inventores do século XIX, disse uma vez: "Eu não falhei. Apenas encontrei 10 mil maneiras que não dão certo". O fracasso é um resultado esperado em um experimento. Empresários têm de enxergar tal resultado como mais um passo no caminho para a solução.

4. Se prepare para efeitos colaterais. Enquanto trabalhava em uma pesquisa durante a Segunda Guerra Mundial, Percy Spencer inventou o microondas por acidente — ele trabalhava em um determinado componente e notou que a barra de chocolate em seu bolso havia derretido. Spencer estudou esse efeito colateral inesperado e, mais tarde, descobriu que era possível aplicá-lo em outras situações. Quando se trata de negócios, imprevistos podem surgir no meio do caminho. Tente abraçá-los.

5. Justifique o investimento. Para legitimar o investimento em sua próxima estratégia ou projeto, use uma evidência empírica ou os resultados de sua experimentação. Resultados reais são mais apreciados do que pura intuição.

Por Época Negócios

 


VoltarOrçamento

5 Ligações que CEOs podem aprender com cientistas

Grandes conquistas científicas — como a cura de doenças raras e a ida de naves ao espaço — não seriam possíveis sem uma ótima visão de como lidar com cada etapa de seu trabalho.

Grandes conquistas científicas — como a cura de doenças raras e a ida de naves ao espaço — não seriam possíveis sem uma ótima visão de como lidar com cada etapa de seu trabalho. E estar pronto para errar.

É o que defende Dan Pickett, cofundador da Launch Academy, um acampamento de 10 semanas que ensina programação. Ele listou no site da Entrepreneur algumas lições que CEOs podem aprender com profissionais da ciência. Que tal colocá-las em prática?

1. Faça as perguntas certas. Pickett diz que sempre se faz cinco questões diante de um problema. Elas têm de ser contudentes e buscar uma solução com objetividade.

2. Documente tudo. Mesmo distante dos laboratórios e tubos de ensaio, ao conduzir uma experiência no mundo dos negócios, é importante registrar todas as informações. Você tem que documentar: a raiz do problema, sua hipótese ou como você pretende resolvê-lo, o procedimento para testar essa solução e os resultados do seu estudo.

3. Saiba que as coisas podem dar errado. Thomas Edison, um dos principais inventores do século XIX, disse uma vez: "Eu não falhei. Apenas encontrei 10 mil maneiras que não dão certo". O fracasso é um resultado esperado em um experimento. Empresários têm de enxergar tal resultado como mais um passo no caminho para a solução.

4. Se prepare para efeitos colaterais. Enquanto trabalhava em uma pesquisa durante a Segunda Guerra Mundial, Percy Spencer inventou o microondas por acidente — ele trabalhava em um determinado componente e notou que a barra de chocolate em seu bolso havia derretido. Spencer estudou esse efeito colateral inesperado e, mais tarde, descobriu que era possível aplicá-lo em outras situações. Quando se trata de negócios, imprevistos podem surgir no meio do caminho. Tente abraçá-los.

5. Justifique o investimento. Para legitimar o investimento em sua próxima estratégia ou projeto, use uma evidência empírica ou os resultados de sua experimentação. Resultados reais são mais apreciados do que pura intuição.

Por Época Negócios

 


VoltarOrçamento